Sem lado

Amor e ódio alimentam a pessoa.

Quer matar alguém de fome? Ofereça-lhe indiferença.

Esse post foi publicado em Filosofia de cordel e marcado , , . Guardar link permanente.

3 respostas para Sem lado

  1. Lucia Xavier disse:

    Nossa Alice, que pesado… eu sei que a linha entre amor e ódio é muito tenue… mas ódio só serve para se ter rugas e estragar a pele. Eu pelo menos procuro não cultivá-lo dentro de mim, exatamente para não me alimentar dessa coisa tão negativa!!! Puxa a gente para baixo mesmo!

  2. Holandesa disse:

    Tá difícil assim, querida?…

  3. Alice disse:

    Calma, PITACOlegas! Não tenho tido ódio de ninguém. O que eu disse foi justamente isso: para neutralizar uma pessoa indesejada, nada mais eficiente e seguro que a indiferença.

    E não escrevi pensando em mim, e sim num simpósio que assisti ontem sobre educação e a necessidade que as crianças e adolescentes têm de SEREM VISTOS.

    O ódio, mesmo que negativo, é um tipo de alimento emocional para a criança. Já a indiferença é, infelizmente, devastadora psicologicamente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s