Personal paranormal

Hoje tive uma conversa com o terceiro PT. Esse é mais caro dos que as primeiras e o lugar onde fica a mini-academia dele (linda num prédio muito especial) é completamente fora de mão.

A coisa começou quando um metrô estraga na frente do meu, que agarrou por mais de 15 minutos. Desci toda esbaforida no centro, corri pro ponto do bonde. Este veio rapidinho. Só que a desorientada aqui perde o ponto e o danado atravessa a ponte. Eu tive que atravessar de volta em passo rápido. Cheguei quase meia hora atrasada (claro que tinha avisado!).

A conversa foi boa. No final juntei meus papéis, fui a um kiosk (similar a banca, só que é uma lojinha) comprar jornal pro sogro que foi operado e está convalescendo no hospital, e peguei outro bonde. Na hora de descer o treco não faz o meu check out, o que me obrigou a descer no ponto seguinte.

Resultado: nem comecei a (personal) treinar com ninguém e bati mais perna do que eu ando em uma semana em um só dia.

A coisa funciona!

Esse post foi publicado em Anti jaca e marcado , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Personal paranormal

  1. Marcia disse:

    hahaha! O prédio da Westerlijk é lindo mesmo, mais um que não conheci por dentro. Rotterdam precisa receber o registro das minhas lentes. Vejo que quase não fotografei adequadamente a cidade, porque eu quase só trabalhava na minha época de Brejo. Mais uma resolução para 2012.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s