Mega mini EU

Meu sogro resolveu marcar uma cirurgia eletiva de prótese de fêmur para segunda-feira passada arruinando nossos planos de viagem/férias/Natal.

Imploramos para ele ir para uma clínica de reabilitação depois da alta hospitalar. Ele disse que não. Um serumano normal não pode comer, dormir e viver na casa dele estando em pleno gozo de sua saúde física e mental. Ele, sem ambas, está lá sozinho, sem conseguir andar direito.

Fizemos o que estava ao nosso alcance. O pensamento dele não vai além de um milímetro além do próprio umbigo. Marido tem raiva misturada a ressentimento, pois deve ter sido duro ter tido um pai assim quando ele era pequeno.

Eu tenho pena, muita pena.

Esse post foi publicado em Família e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s