Cafuné

Sabe o que a gente precisa quando fica doente, perdido e fragilizado?

Carinho, sopinha, colo e companhia.

E-mails, telefonemas, twitters, recadinho da PIIIIP do feicibuque não contam como ajuda. Essas coisas são MÍDIAS, meios de comunicação. São instrumentos eletrônicos para carregar mensagens, nada mais que isso.

Ainda bem que essas mídias existem, mas que elas não substituam um cafuné na cabeça e uma canja de galinha feita com amor.

Obrigada, amiga Renata. Você sabe amar. Obrigada, prima Mônica.

Esse post foi publicado em Família e marcado , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Cafuné

  1. Laura Barreto disse:

    Obrigada Alice, Goldie e Monica, amo vcs! Amanhã estarei boa…

    Beijos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s