Drima e Corrente

Quando eu, em dezembro de 2000, deixei a Terra Brasilis com o Filho, então com 10 meses de idade, minha mãe me deu uma caixa de costura.

Um travesseirinho em miniatura com agulhas de diversos tamanhos, alguns alfinetes de mola, uma tesoura de ponta redonda e uma de ponta fina, dois dedais, a fita métrica branca e rosa, propaganda de Assugrin (ela sempre chamou adoçante desse jeitinho, com um g meio c), e vários retroses  de linha colorida das cores mais freqüentes nos meu guarda-roupa.

Já repuz os carretéis branco e preto. O resto está do jeitinho que ela me deu, menos alguns metros de linha.

Hoje é aniversário dela, ela que é tão presente quanto no dia em que me deu a caixa de costura.

Esse post foi publicado em Coisas&Trens, Família e marcado , , . Guardar link permanente.

2 respostas para Drima e Corrente

  1. Beth Blue disse:

    Alice, sei bem como é isso…Mãe só tem uma – e mesmo quando morre continua presente! Não sei você, mas com o passar dos anos, vou ficando cada vez mais parecida com ela (e já era um bocado).

  2. Clarisse disse:

    Que presente mais singelo, esse da sua mae. Que dona Letícia esteja muito bem onde quer que ela esteja.
    Bjs, amiga gurua!
    Cla

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s