Pudim

No primeiro dia em Roma fomos almoçar perto do nosso hotel. Um restaurante pequeno, de bairro. Ali começou a comilança…

Como se come nesse terra em forma de bota!

Um cliente do local estava numa mesa ao lado, comeu inúmeros pratos: antipasto, primo secondo, dolce, licor & biscoito! Como sempre, ele puxou conversa conosco. Ele era um cirurgião (oncologia) aposentado, professor da faculdade. Ficou revoltado porque pedimos apenas uma massa cada um, sem entrada e sem prato de carne depois. Não deixou que saíssemos sem sobremesa: mandou para a nossa mesa dois pudins de leite. Não permitiu que pagássemos.

E viva Italia!

Esse post foi publicado em Giramundo e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s