Piromaníaco

Deixei marido às 5:00 da matina na casa de um amigo, a turma foi esse ano para o Cabo Verde. Marido é muito esperto, assim como esses amigos. Eles se agarram a essa tradição da viagem anual e a coisa engrena todo ano. Pela primeira vez em séculos a coisa saiu da semana santa. A semana é essa, uma qualquer.

E a mamãe aqui no trampo como de costume. De manhã ainda dei um toque no filho  para que ele não esquecesse a chave de casa, pois ele chegaria na casa vazia. Lá pelas 13:30 ele me liga perguntando o que ele poderia comer. Eu respondo que ele coma o que bem entender.

Chego em casa e sinto um mega cheirão de incêndio. Corro prá dentro esperando o pior. Filho tranquilo, numa certa névoa fedorenta, vendo televisão. Ele carbonizou um saco de pipocas de microondas. E ele AFIRMA que ficou a postos, ao lado do aparelho magnético, a ouvir as pipocas e respirando o ar local… Mentira! Ele esqueceu da pipoca, com toda a certeza.

Abrimos a casa toda (detalhe: 0 grau lá fora!) e a situação melhorou um bocado. A casa ainda rescende a uma pira funerária só que fria…

É fogo.

Esse post foi publicado em Família e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s